Arquivo da tag: paulo coelho

Pai Natal passou por aqui

Engraçado, minha família não gosta de me dar livros de presente. Meu pai já deixou claro que não gasta dinheiro em livros, apesar de me incentivar bastante, verbalmente, à leitura (como pode?). A única, única, da família que se salva, e me salva, é a minha irmã. Enfim, este post é para compartilhar os livros que passaram a morar comigo depois do natal.

Maria, uma das pessoas mais bacanas que conheço, me presenteou com três livros incríveis.
1. Um deles é ‘Como ver um filme’ de Ana Maria Bahiana, que mostra ao leigo apreciador de cinema, like me, detalhes de uma produção cinematográfica, como o processo de mixagem de som e outros quesitos que acabamos não dando devida atenção em um filme. 1
2. O segundo é ‘Você tem que ouvir isso’ de Luiz Cesar Pimentel, que tem uma ideia genial. Uma série de artistas, jornalistas, cantores, produtores etc… foram convidados a listar as 20 músicas preferidas ou que por algum outro motivos, todos deveriam conhecer. Já fiz a minha e logo postarei aqui no blog.2
3. O terceiro, trata-se do novo Paulo Coelho, ‘Manuscrito Encontrado em Accra’, que agora tenho duplicado na minha estante.
natal

Para não perder o costume, minha irmã também me deu um livro de Natal. Da livraria, ela me ligou exigindo uma resposta para uma pergunta muito difícil. – ‘Crime e Castigo’ ou ‘Os Miseráveis’? – Respondi que não precisava se incomodar comigo, a ladainha de sempre, e escolhi ‘Crime e Castigo’. Ansiosa, me deu o presente dois dias antes do ideal. Quando abri o pacote, lindo o pacote, me deparei com ‘Conversa Sobre a Fé e a Ciência’ do Marcelo Gleiser, Frei Betto e Waldemar Falcão. Havia muito tempo que eu desejava loucamente este livro, e agora o possuo, foi uma grande surpresa e sem dúvidas será uma grande leitura.
4

E vocês, ganharam livros de presente?

Feliz Natal atrasado pra vocês!!!
Por hoje é isso!

2 Comentários

Arquivado em Enriquecendo a Estante, Especial

Tag: Leia mais, seja mais!

Olá! Voltei para responder uma Tag, proposta a mim pelo Tédio Social, criada com o intuito de promover uma louvável inciativa do Ministério da Cultura, de incentivo a leitura. Segue o vídeo da campanha ‘Leia mais, seja mais’:.

A brincadeira consiste em responder as três seguintes perguntas:

1. Você já leu algum livro que mudou a sua vida? Se sim qual/quais e por quê?

Um marco na minha ‘carreira’ de leitor sem dúvidas foi o primeiro livro que eu li. Não me recordo exatamente, mas é bastante provável que tenha sido ‘O Alquimistas’ do Paulo Coelho, considero-o muito importante pois foi o meu guarda-roupas, minha passagem para Nárnia, ou melhor, para o mundo lindo e louco da literatura. Além de O Alquimista, tenho enorme consideração por ‘A Metamorfose’ de Franz Kafka, que me apresentou os clássicos e direcionou fortemente o meu gosto literário.

2Recomende um livro, vídeo ou texto que você acha que influenciaria um conhecido a ler um livro!

Como assim um só? Nina nina não, bora dar uma adaptada nessa pergunta rsrs. Vou seguir a mesma linha do Amanto Moura (acho que esse é o nome dele, estou certo?) do Tédio Social e indicar livros relativamente finos, afinal, ninguém aprende a nadar na piscina mais profunda do clube. Vamos por gêneros:.

Drama: Anjo de Quatro Patas – Walcyr Carrasco (Chorei, sério.)
Suspense: O Natal de Poirot – Agatha Christie
Contos:
 Venha ver o por do Sol e outros contos – Lygia Fagundes Teles
Teatro: O Santo e a Porca – Ariano Suassuna (Loucamente engraçado)
Aventura: O guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams (/Sci-fi)
Infantil: Os meninos Aquáticos – Charles Kingsley
Clássico: A Metamorfose – Franz Kafka (Linguagem compreensível)
Filosofia:
Cartas a um Jovem Poeta – Rilke (96 páginas maravilhosas)

Vídeo sobre a importância da leitura na vida das pessoas: aqui

Texto lindo, por uma bibliomaníaca (YT): aqui

Obs: Gêneros como Poesia, Romance e Terror, ficaram sem indicação porque eu não costumo lê-los com frequência. Logo, não acredito ser a melhor pessoa para referenciá-los.

3. Indique 10 blogs para responder a Tag:

Vixe, 10 é muito hein. Vamos tentar:.

Livro Lab
A Estante lá de casa
Verbo Ler
Cantina do Livro
Nem um pouco épico
Gato Branco
– Quem mais quiser responder ;)

Obs: Como esperado, não deu 10 ¬¬

Poster da campanha ‘Leia mais, seja mais’ do Ministério da Cultura.

Por hoje é isso!
Até mais ver!

3 Comentários

Arquivado em Especial

Enriquecendo a Estante #11

 Eu volteiAgora prá ficar. Porque aqui! Aqui é meu lugar. Eu voltei pr’as coisas que eu deixei. Eu voltei! ♪

Depois de mais de uma semana sem post, eu voltei para tirar o pó, limpar os vidros e passar óleo de peroba nos móveis. Antes disso, uma breve justificativa. Eu inventei de ler, pela primeira vez, três livros ao mesmo tempo, sendo um deles o Grandes Esperanças do Charles Dickens (grandalhão),  e aconteceu que eu levei quase um mês para terminá-lo. Particularmente, isso me desagrasa, acabo me cansando da história se ela perdurar muito muito tempo. Enfim, terminei ontem o Dickens, e será sobre ele o próximo post do blog, breve.

Por hoje, resta-me falar um pouco a respeito dos livros que vieram morar comigo esta semana.

Minha edição de “Eu, robô” de Isaac Asimov , pela pocket ouro.

O primeiro deles foi “Eu, robô”, sim, meu primeiro Asimov. Não foi fácil encontrar este livro, ele andou esgotado por um tempo, e resolveu ressuscitar nestes últimos dias, o submarino está vendendo por R$ 9,90. Não curto as edições da pocket ouro, pois as capas não protegem bem o miolo o livro. No meu caso, que costumo carregá-los para cima e para baixo dentro da mochila, estas capas de papel fino são um belo de um inconveniente. Mas, não havia outra alternativa (Vlw editoras). E tem outras coisa, desde o começo do ano eu estipulei “Eu, robô” como uma das leituras obrigatórias para 2012, e ao longo dos meses vim retardando a compra e negligenciando a leitura, mas agora que eu o possuo, ele que se prepare, pois vou lê-lo muito muito em breve. Depois dessa ladainha toda, algumas poucas informações sobre a obra. Trata-se de uma reunião de 9 contos, narrados por uma robopsicóloga e distribuídos por 320 páginas do que há de melhor no gênero de ficção científica, dizem.  Isaac Asimov recusa-se a apresentações.

Manuscrito Encontrado em Accra, do Paulo Coelho, pela sextante.

O segundo e último livro a enriquecer a estante aqui de casa se chama ‘Manuscrito encontrado em Accra’. Pois é gente, o novo Paulo Coelho. Não sei se alguém se recorda de um post onde eu comentei a respeito de um evento que reuniu um grupo de pessoas para um bate papo virtual com o escritor!?! Não né, então, o áudio do microfone não chegava até Genebra (onde é a toca do coelho) e o evento falhou. Numa forma de recompensar o deslocamento do povo até a livraria para prestigiar o evento, a editora sextante se comprometeu a enviar a cada um dos presentes, um livro de compensação. Promessa cumprida, ganhei um exemplar.
O texto narra uma Jerusalém que se prepara para a invasão dos cruzados, enquanto isso, um grego convoca uma reunião na presença de toda a cidade, para refletir sobre a sabedoria presente nas pequenas coisas, o verdadeiro conhecimentos adquirido pelos amores vividos, e a convivência com a inevitabilidade da morte.
Só eu que odiei esta sinopse? rsrs Não pretendo lê-lo tão cedo, quiçá ano que vem ou o próximo.

Por hoje é isso, até mais ver ;)

ps: Aprendi a lição. Livros grandes, reservar um momento só para eles, nada de leituras paralelas.

2 Comentários

Arquivado em Enriquecendo a Estante