Arquivo da tag: literatura alemã

Linha de Chegada – ‘A Metamorfose’ de Franz Kafka

Olá pessoas!
Voltei para falar de uma releitura bastante rápida, de um dia apenas, mas sensacionalmente incrível.

Há cerca de 6 anos atrás, foi-me apresentado por uma professora de língua portuguesa, um livro bem fininho chamado ‘A Metamorfose’ de um tal de Franz Kafka. Naquela época, eu estava por volta dos meus 13 anos de idade, e lembro-me com certeza, de ter ficado extremamente comovido pela obra.
Ontem, resolvi reencontrar aquele tal de Gregor Samsa. E experimentei exatamente a mesma sensação de anos atrás. A história é famosa, acredito nem precisar discorrer sobre o enredo. Aos que não conhecem, deixo a primeira frase do texto, mas na forma da adaptação da obra para quadrinhos, que serve quase como uma sinopse, além de dar uma belo exemplo de como Kafka sabe ser direto na sua narrativa.  Lembro-me de ter feito o download da HQ em pdf, mas não me recordo em que diabos de pasta eu armazenei aqui no computador.

A Metamorfose em quadrinhos.

O fato é que eu não sei falar dos clássicos, mais difícil ainda, é falar de uma obra que desenvolvi tanto apreço. É incrível a maneira como Kafka nos coloca na primeira pessoa, narrador da história. Além disso, é muito doloso acompanhar a vergonha do Gregor e o modo como a família passa a tratá-lo, muito diferente da forma como protagonista percebe sua situação, haja vista que ele vê sua metamorfose como um mero empecilho para suas atividades habituais, sem questionar o porquê ou como ele se tornara aquele ‘monstro’.

Minha edição de A Metamorfose, pela Abril Coleções.

Da edição, não tenho absolutamente nada a reclamar, ao contrário. A coleção de clássicos da Editora Abril é perfeita, a capa dura revestida em tecido é linda e super protetora, a fita para marcar as páginas demonstra o cuidado com os detalhes, as folhas são amarelas e as letras em tamanho bastante agradável. Outra coisa que quero comentar é a respeito das informações sobre a vida e a obra do autor presente no final da publicação. Considero muito mais interessante estas informações adicionais no final do livro, do que uma longa introdução. Tenho apenas 8 títulos da coleção, mas pretendo adquirir outros mais, como ‘Grandes Esperanças’ do Charles Dickens e ‘Mensagem’do Fernando Pessoa.

Recomendo muito A Metamorfose, é um dos meus livros favoritos de todos os tempos.
E não vejo a hora de ler ‘Carta ao Pai’, ‘O Processo’, e outras obras do Kafka.
Por hoje é isso, Até!

5 Comentários

Arquivado em Leituras Concluídas