Linha de Chegada – As aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi

Olá pessoas!
Esta semana li o clássico de Carlo Collodi, As Aventuras de Pinóquio. E estou aqui para compartilhar minhas impressões.

Poster do longa de animação.

As aventuras vividas pelo boneco de madeira mais famoso do mundo, no texto de Collodi, revelam-se bastante diferentes das apresentadas na animação feita por Walt Disney, como era de se esperar. Na verdade são pequenos, mas muitos detalhes, percebidos já nos primeiros parágrafos do texto. Inúmeros momentos e personagens foram simplesmente cortados da obra original, e outros sofreram ligeiras alterações para se adequarem à linguagem cinematográfica, ato totalmente compreensível. Lamento informar, não sei se isso é spoiler, mas o grilo falante raramente aparece no livro. Acredito que ele ganhou maior importância durante o processo de adaptação.

O clássico é infantil, mas carrega um clima pesado, chegando a narrar acontecimentos que uma criança não deveria imaginar, como enforcamento e orelhas sendo arrancadas a dentadas. Confesso que me incomodou bastante o protagonista da história. Pinóquio é extremamente irritante, desobediente, e sem dúvida, a personagem mais cabeça dura e ingrata que conheço. Mas no fim, há uma grande lição a ser dada, principalmente àquelas crianças que não são dadas aos estudos e a condutas corretas.

Minha edição de As Aventuras de Pinóquio, pela Martin Claret.

Enfim, a história é famosa. Um boneco de madeira sonha em ser um menino direito, estudioso e orgulho para seu “pai” Gepeto. Mas acaba, de diversas maneiras, sendo desviado de seu proposito. Amigos como o grilo e a fada de cabelo azul, auxiliam Pinóquio ao longo da sua jornada, repleta de ação, contratempos e situações extraordinárias, até que ele se torne um menino de verdade.
A leitura é muito divertida, os diálogos são unicamente engraçados. Vale muito a pena conferir a origem deste boneco e conhecer detalhes da trama original escrita por Collodi.

Vale também conferir o post feito anteriormente, enquanto eu lia a obra. Conta com algumas informações diferenciadas e menos pessoais, como detalhes da edição.
https://leitorcompartilhado.wordpress.com/2012/07/23/em-andamento-as-aventuras-de-pinoquio/

Por hoje é isso!
Sou totalmente aberto a críticas, sintam-se à vontade para comentar.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Leituras Concluídas

4 Respostas para “Linha de Chegada – As aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi

  1. Vale muito a pena a leitura desse livro, mas uma coisa que me incomodou foi o moralismo de Collodi, nada sutil e muito repetitivo. Mesmo assim adorei as situações bizarras que o Pinóquio vive, bem diferente do clima infantil da adaptação da Disney. =)

    • Oi!
      Estes aspectos não chegaram a me incomodar. Mas são bastante visíveis.
      Sobre a adaptação, ela é de fato, mais inocente que o livro, mas ainda assim, sinto um clima meio perverso. Por exemplo, na cena em que Pinóquio fuma, bebe e joga sinuca.
      Valew pelo comentário e por acompanhar o blog.

  2. Nossa que bizarro! Pensei que ia ser “bobinho” tipo o filme da Disney chega a ser assustador saber que ele fuma, e essa cena de orelhas arrancadas a dentadas, mas mesmo assim anda quero ler!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s