1,3 quilo por metro cúbico de poesia #1

Image

De poetas

Ainda hoje existe honrada e boa gente
Que pensa que ser poeta é coisa muito feia
Muito rico burguês, que vive honestamente
e que aconselha á filha ingênua que não leia

-Sim, tu não deves ler, donzela. Ainda está cheia
De sonhos de criança, a tua alma inocente…
E os poetas são o diabo – e se lhes dá na veia
Dizerem coisas más, dizem-nas claramente!

Mas eu que já perdi na estrada da existência
Nos abismos letais do ódio e do pecado
Os sonhos virginais e os lírios da inocência

Eu prefiro, alma ingênua, a todo o peregrino
Tesouro sem igual do teu pai honrado
Um poema lapidar, um verso alexandrino.

[Alceu Wamosy]

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em 1.3 quilo por metro cúbico de poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s